Nebo-Sarsequim

Nebo-Sarsequim (Jr 39:3) era um oficial da corte de Nabucodonosor II, rei da Babilônia que teria visitado Jerusalém durante a conquista babilônica.

A Tabuleta de Nebo-Sarsequim (595 a.C.), quirógrafo de controle contábil, parece referir-se a ele:

1,5 minasde ouro, propriedade de Nabu-sharrussu-ukin [Nebo-Sarsequim] , o eunuco-chefe, que ele enviou via Arad-Banitu o eunuco para [o templo de] Esangila: Arad-Banitu entregou para Esangila. Na presença de Bel-usat, filho de Alpaya, o guarda-costas real, [e de] Nadin, filho de Marduk-zer-ibni. Mês 11, dia 18, ano 10 [de] Nabucodonosor, rei da Babilônia.

Algumas traduções dividem os nomes de Jr 39:3 de forma diferente:


E entraram todos os príncipes do rei da Babilônia, e pararam na Porta do Meio, os quais eram Nergal-Sarezer, Sangar-Nebo, Sarsequim, Rabe-Saris, Nergal-Sarezer, Rabe-Mague, e todos os outros príncipes do rei da Babilônia.

João Ferreira de Almeida, Revista e Corrigida.

Atualmente, depois dos argumentos convincentes de Bright (1965), esse versículo é traduzido como:

Todos os oficiais do exército babilônio entraram e se sentaram junto ao portão do Meio: Nergal-Sarezer, de Sangar, Nebo-Sarsequim, um dos chefes dos oficiais, Nergal-Sarezer, conselheiro real, e todos os outros oficiais do rei da Babilônia.

Nova Versão Transformadora

BIBLIOGRAFIA

Bright, John. Jeremiah: Introduction, Translation, and Notes. The Anchor Bible, 1965.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s