Domenico Fulginiti

Domenico Fulginiti (1884-1967) foi ministro do evangelho e pioneiro do pentecostalismo na Calábria.

Nos anos 1920 emigrou aos Estados Unidos onde se converteu em uma igreja pentecostal afro-americana em Reading, Pennsylvania.

Sem conhecer o movimento pentecostal italiano originário de Chicago, retornou à Itália onde deu iníciou a um núcleo de crentes em Gasperina, Calábria, em 1926.

Depois de um período novamente nos Estados Unidos, retornou definitivamente à Itália. Mas em 1935, dada a perseguição fascista aos crentes pentecostais, foi preso.

Depois da liberação da Itália, continuou a evangelizar. Igrejas em Gasperina, San Vito sullo Jonio e Satriano eram atendidas por ele. Em outras localidades teve início a Obra por crentes que ele evangelizou.

Em 1944 entrou em contato com outros crentes da Itália e ele e as igrejas que ele atendia se uniram ao movimento pentecostal italiano.

Em seu ministério foi instrumental na conversão da família de Giuseppe Manafò, depois dirigente da Igreja Pentecostal Italiana de Montreal, e de Guido Scalzi, autor e ministro ítalo-americano.