Enuma Elish

O Enuma Elish é um épico da criação de deuses e do mundo registrado. Teria sido grande épico nacional da cidade de Babel ou Babilônia, com uso em cerimônias cívico-religiosas.

O poema retrata a criação pela batalha cósmica contra o caos (Chaoskampf), criação por comando divino e pela ação divina.

As tabuletas da versão-padrão remontam do século VII a.C., encontradas na biblioteca do rei assírio Assurbanipal (668-627 a.C.). Contudo, supõe-se que o texto fora fixado na segunda dinastia acadiana de Isin, na época de Nabucodonosor I (1124-1103 a.C.). As sete tabuletas corresponderiam a sete cantos que originalmente teriam 1.100 versos. A primeira versão contemporânea do texto foi publicada em 1876 pelo célebre estudioso das literaturas cuneiformes, George Smith.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s