Mizpá

Mizpá, em hebraico “torre de vigia”, refere-se à:

(1) terra de Mizpá (Js 11:3; Js 11:8); norte da Palestina, perto do Monte Hermon. Depois que Jabim, rei de Hazor, foi derrotado por Josué, fugiu para o leste, para o vale de Mizpá, antes morada dos heveus;

(2) Mizpá de Gileade, o nome dado ao local da aliança entre Labão e Jacó quando Jacó retornou à Canaã (Gn 31:49). Alí, os israelitas fizeram um pacto com Jefté (Jz 11:11);

(3) Mizpá de Judá, uma das cidades da Sefelá (Js 15:38).

(4) Mizpá de Moabe, um local desconhecido onde Davi colocou seus pais sob a proteção do rei de Moabe quando Saul o perseguia (1Sm 22:3).

(5) Mizpá de Benjamim, cidade na fronteira de Judá com Israel e ponto de reunião das tribos israelitas para lutar contra os benjamitas de Gibeá (Jz 20: 1-48). Local parte do circuito anual de Samuel quando julgava sobre Israel (1Sm 7:16-17). O rei Asa fez de Mizpá uma cidade fortificada depois da luta violenta entre Israel e Judá (1Re 15: 17-22). Após a queda de Jerusalém (587 a.C.), Mizpá tornou-se a capital da província babilônica sobre o antigo território de Judá. Gedalias foi nomeado governador da província, mas foi assassinado em Mizpá por Ismael.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s