Arquivos de Babatha

Os arquivos de Babatha referem-se a uma coleção de documentos em papiro que foram descobertos em 1961 em uma caverna perto do Mar Morto, no deserto da Judeia.

Os documentos pertenciam a uma judia chamada Babatha, que viveu no século II d.C. e incluíam registros legais e financeiros, como transações de terras, contratos de casamento e um testamento. Babatha teria escondindo os documentos pessoais para evadir-se da violência da época da Segunda Guerra Judia.

Pertencem à mesma categoria de documentos das cartas de Bar Kochba, dos Manuscritos do Mar Morto e do arquivo de Salomé Komaise, filha de Levi. São exemplares importantes dos Manuscritos do Deserto da Judeia.

O arquivo fornece informações valiosas sobre o status legal e social das mulheres judias no período romano e a complexidade da vida judaica sob o domínio romano. Os documentos estão agora guardados na Biblioteca Nacional de Israel em Jerusalém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: