História de Ahiqar

A História de Ahiqar (também Ahikar, Aquicar) é uma narrativa do antigo Oriente Próximo. É um conto da corte sobre um chanceler assírio chamado Ahiqar, que serviu sob os reis de Nínive. A história está escrita em aramaico e acredita-se que tenha sido composta no século V aC.

Na narrativa, Ahiqar é falsamente acusado de conspirar contra o rei e é condenado à morte. No entanto, ele é salvo por seu sobrinho, Nadan, que revela o verdadeiro conspirador. Ahiqar então se torna o regente da Assíria e serve como um sábio conselheiro do rei. A história também inclui uma série de ditos sábios atribuídos a Ahiqar, que são semelhantes aos encontrados no livro bíblico de Provérbios.

A história de Ahiqar foi popular, sendo traduzida para vários idiomas, incluindo siríaco, árabe e grego. Uma versão aramaica sobrevive entre os papiros de Elefantina. A versão grega da história, conhecida como narrativa Ahiqar, foi particularmente influente e amplamente lida no período helenístico. A história também teve um impacto na literatura judaica e pode ter influenciado o livro de Tobias.

No período medieval, a história de Ahiqar continuou a ser popular no mundo islâmico, onde era conhecida como a “História de Luqman”. Também foi adaptado para uma peça pelo poeta persa do século X Ferdowsi, que o incluiu em seu poema épico, o Shahnameh.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: