Papiros de Hermópolis

Os papiros aramaicos de Hermópolis (Ashmunein, Egito), similares e contemporâneos aos papiros de Elefantina, são cartas enviadas de Mênfis para parentes ou amigos em Assuã e Luxor, bem como documentos.

A cidade de Hermópolis estava localizada na margem oeste do Nilo, no Alto Egito, do outro lado do rio de Antinoópolis, uma cidade fundada em d.C. 130 por Adriano em homenagem ao seu jovem amigo Antinoos, que se afogou em circunstâncias misteriosas em uma viagem pelo Nilo com o imperador.

Oito papiros aramaicos datam do final do século VI ou início do século V aC. encontrados em 1945 no templo Ibis durante as escavações de Sami Gabra. Foram publicados em 1966 por Edda Bresciani e Murad Kamil da Universidade do Cairo, instituição que mantém os papiros.

A maior parte dos papiros encontram-se na Berliner griechische Urkunden (Berlin Collection, a coleção de Berlim). Esses, cerca de 80 foram publicados.

BIBLIOGRAFIFA

Herwig Maehler, Urkunden aus Hermupolis (BGU XIX). Archiv für Papyrusforschung und verwandte Gebiete, 19. München/Leipzig: K.G. Saur, 2005.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: