Cruxificação

A crucificação — em grego σταυρόω, stauroō, “colocar postes”; em latim cruci affigare, “amarrar a uma cruz”; em hebraico תלה, , “pendurar”; צלב,“pendurar”– era uma forma de tortura e execução no mundo antigo.

A cruxificação prendia uma pessoa em um poste de madeira ou árvore usando cordas ou pregos. Foi o método utilizado na execução de Jesus.

Seio de Abraão

A locução estar junto ao “seio de Abraão” é uma metáfora para (a) o eufemismo de “estar com os pais” ou morte (Gn 15:15; 47:30; Dt 31:16); ou (b) estado intermediário ou final dos mortos justos (Lc 16:22).

No período do Segundo Templo e no Talmud há várias referências ao “Seio de Abraão”. A frase “seio de Abraão, Isaque e Jacó” foi encontrada em papiros de sepultamento (cf. papiro Preisigke Sb 2034: 11) no Egito. Outras menções ocorrem em 4 Macabeus 13:17; Apocalipse de Sofonias 9:2; Mishnah Kiddushin 72b; Midrash Gênesis Rabba 67.