Herodias

Em grego Ἡρῳδιάς, filha de Aristóbulo IV e Berenice, sendo neta de Herodes, o Grande e irmã de Herodes Agripa I.

Herodias casou-se duas vezes com seus tios. Primeiro, com Herodes (Filipe) mencionado em Mt 14: 3), de quem deu à luz uma filha, Salomé. Depois, com Herodes Antipas, quando os dois se divorciaram de seus respectivos cônjuges.

Segundo Josefo Herodes Antipas havia sido casado com a filha de Aretas, rei-vassalo da Arábia Pétrea. Quando Antipas convenceu Herodias a se casar com ele, a filha de Aretas enviou a Herodíades a Maquero, na fronteira entre os territórios de Aretas e Herodes, sem nenhum dos quais soubesse de suas intenções. Estorou uma guerra entre Aretas e Antipas, na qual Antipas perdeu seu exército (Josefo, Antiguidades Judaicas, 18.109-115).

A censura pública por João Batista desse casamento irritou Herodes (Lc 3:19-20; 9:7-9) e inflamou a retaliação de Herodias, que fez Salomé pedir a cabeça de João Batista (Mt 14:3-12; Mc 6:17-29).

Herodes Agripa I

Herodes Agripa I, neto de Herodes o Grande e governante da Palestina de 41 a 44. Perseguiu os primeiros cristãos e, de acordo com At 12, foi o responsável pela decapitação de Tiago, filho de Zebedeu, e pela prisão de Pedro (At 12: 1-4). Sua morte, comido de bichos, teria sido em retribuição à sua impiedade (At 12:20-23).

Herodes Agripa II

Herodes Agripa II (Marcus Julius Agrippa) (c.28-c.92 d.C.). O último rei da dinastia herodiana. Educado em Roma, tornou-se rei em 50, ocupando uma sucessão efêmera de cargos-clientes. Quando a revolta judaica estourou, Agripa II tentou em vão dissuadir os judeu. Agripa se juntou aos romanos e lutou contra os judeus. Exilado em Roma, continuou com o título nominal de rei. Fornceu documentos a Flávio Josefo.

Conforme At 25:13-26:32 Paulo apresentou sua defesa diante de Agripa e sua irmã Berenice (com quem teria tido um relacionamento incestuoso) em Cesareia Marítima (c. 59 ou 60).

BIBLIOGRAFIA
Flávio Josefo, Antiguidades Judaicas, 19.360-362; 20.9-12, 104, 135-140, 189-203, 211-214.
Flávio Josefo, Guerra Judaica, 2.220-223, 245-247, 335-407, 523-526; 3.56-57. Flávio Josefo, Vida de Flávio Josefo, 34-39, 74, 114, 340-367, 381-398.