Alister McGrath

Alister McGrath (1953-presente) é um teólogo britânico e ministro anglicano conhecido por seu trabalho sobre a relação entre ciência e religião, enfatizando a compatibilidade entre fé e razão.

McGrath possui três doutorados pela Universidade de Oxford doutorado em biofísica molecular, doutorado em teologia e doutorado em história intelectual. É professor e pesquisador da Universidade de Oxford.

McGrath é autor de vários livros didáticos sobre teologia, devocionais, justificação, ciência e cristianismo, apologética, dentre outros.

Hastings Rashdall

Hastings Rashdall (1858-1924) foi um filósofo e teólogo anglicano inglês.

Rashdall iniciou sua carreira acadêmica na Universidade de Oxford, onde ganhou uma bolsa para estudar clássicos. Mais tarde, passou a estudar teologia e filosofia na Universidade de Marburg, na Alemanha. Depois de retornar a Oxford, tornou-se membro do New College e mais tarde atuou como professor de filosofia moral.

O pensamento teológico de Rashdall foi conexo com o evangelho social, que enfatizou a importância da justiça social e da reforma no cristianismo. Para ele, a fé cristã exige o compromisso de melhorar a vida dos outros e que a justiça social deve estar no centro da ética cristã.

As contribuições de Rashdall para a teologia cristã incluem seu livro “The Idea of Atonement in Christian Theology” (1919), no qual critica as teorias dominantes da expiação e defende uma compreensão mais ética e social do sacrifício de Cristo.

Discutiu sobre a relação entre religião e política, argumentando que o cristianismo requer um compromisso com a reforma social e que a igreja deveria estar ativamente envolvida no processo político.

O trabalho de Rashdall em ética inclui seu livro “The Theory of Good and Evil” (1907), que explora a natureza da bondade moral e defende uma compreensão pluralista dos valores éticos.

John A. T. Robinson

John Arthur Thomas Robinson (1919–1983) biblista, bispo e teólogo anglicano britânico.

Robinson popularizou a teologia de Paul Tillich no livro Honest to God, com estudos acerca do Novo Testamento. Discutiu também a teologia de Dietrich Bonhoeffer e Rudolf Bultmann. Apesar de subscrever uma teologia liberal, mantinha posições conservadoras quanto aos estudos neotestamentário, sobretudo na datação dos livros como anteriores ao ano 70 d.C.

John Stott

John Stott (1921 – 2011) foi um pastor anglicano evangélico e teólogo britânico.

Stott arguia pela relevância da fé cristã em um mundo contemporâneo, defendendo uma pregação bíblica, missões e justiça social. Foi articulador do Movimento de Lausanne, do qual emergiu a Missão Integral. Trabalhou pela aproximação ecumênica do protestantismo evangélico em esfera global. Defendia uma postura intelectual para o evangelicalismo. Propunha a defesa dos direitos femininos.

N. T. Wright

Nicholas Thomas Wright (1948) é um biblista britânico do Novo Testamento, popularizador de teologia e bispo anglicano.

Wright escreveu pesquisas sobre Jesus histórico, a teologia paulina e as origens cristãs. Wright enfatiza a salvação como a transformação de Deus em toda a criação.

Kathryn Tanner

Kathryn Tanner (nascida em 1957) é uma teóloga episcopal (anglicana) americana.

Educada na Yale University, onde também fez a maior parte de sua carreira, Tanner combina a história do pensamento cristão e métodos interdisciplinares, como teorias críticas, sociais e feministas.

Ela propõe uma relação não competitiva entre Deus e as criaturas, tendo Cristo como centro de ligação da humanidade com Deus.

John Milbank

Alasdair John Milbank (nascido em 1952) é um teólogo anglicano inglês, proponente da ortodoxia radical.

É professor emérito do Departamento de Teologia e Estudos Religiosos da Universidade de Nottingham. Lecionou na Universidade da Virgínia, Universidade de Cambridge e na Universidade de Lancaster.

Milbank discute teologia sistemática, teoria social, filosofia e teologia política. Apesar de socialista, critica as teorias sociais contemporâneas, pois partem de um pressuposto de conflito, enquanto a teologia cristã prima pela paz. Sua posição contra as teorias sociais o fazem um crítico da teologia da libertação e de movimentos teológicos e hermenêuticos minoritários.

Don Cupitt

Don Cupitt (nascido em 1934) é um filósofo da religião inglês. Foi ministro ordenado anglicano e professor na Universidade de Cambridge.

Defende uma filosofia da religião não realista. Debate as reivindicações sobrenaturais do cristianismo. Entrentanto, rejeita as doutrinas e a metafísica do cristianismo histórico em favor da consciência religiosa que caracteriza a identidade humana. Influenciado pela noção budista do Nada, desconsidera o teísmo objetivo. Tais posições levaram-lhe ser taxado como o “pároco ateísta”.

BIBLIOGRAFIA

Alves, Leonardo Marcondes. “O Deus pós-moderno“. Ensaios e Notas, 2010. https://ensaiosenotas.com/2010/12/03/o-deus-pos-moderno/

Cupitt, Don. The Sea of ​​Faith. Cambridge University Press, 1988.

Cupitt, Don. After God: The Future of Religion. Basic Books, 1997.

Cupitt, Don.  Is Nothing Sacred?: The Non-Realist Philosophy of Religion: selected essays. Fordham University Press, 2002.  http://www.jstor.org/stable/j.ctt1g2kn3r.

Sarah Coakley

Sarah Coakley (nascida em 1951) é uma pastora anglicana, teóloga e filósofa da religião inglesa. 

Teve passagem por renomadas faculdades de teologia em Cambridge, Harvard, Princeton, dentre outras. Foi professora honorária no Logos Institute, da Universidade de St Andrews, depois de deixar o cargo de Professora Norris-Hulse de Divindade na Universidade de Cambridge. Teve cargo de professora visitante na Australian Catholic University.

 Em seu pensamento combina teologia analítica com anglo-catolicismo, feminismo cristão, tendo como interlocutores Gregório de Nissa, J. A. T. Robinson e Ernst Troeltsch. Discute temas interdisciplinares como direito, medicina e religião.

BIBIOGRAFIA

Coakley, Sarah, ed. Religion and the Body. Vol. 8. Cambridge University Press, 2000.

Coakley, Sarah. God, sexuality, and the self. Cambridge University Press, 2013.

Coakley, Sarah. Powers and submissions: Spirituality, philosophy and gender. John Wiley & Sons, 2008.

Gavrilyuk, Paul L., and Sarah Coakley, eds. The Spiritual Senses: Perceiving God in Western Christianity. Cambridge University Press, 2011.