Heber

Nome de nove personagens e um lugar bíblicos escritos com duas ortografias e sentidos distintos que se perdem em português.

Com a grafia עֵבֶר, Eber.

1. O bisneto de Sem, pai de Pelegue e Joctã (Gn 10: 24-25; Gn 11: 14-17; 1Cr 1: 18-19; 1Cr 1:25), ancestral de Abrão (Gn 11: 17-26 ) e Jesus (Lucas 3:35). Provável ancestral epônimo dos hebreus ou habiru.

2 Região ao lado da Assíria em (Nm 24:24), provavelmente a região e a população “além do rio” (Eufrates).

3 O cabeça da família sacerdotal de Amoque na geração seguinte àquela daqueles que retornaram a Jerusalém com Josué e Zorobabel (Ne 12:20).

4 Um gadita (1Cr 5:13).

5 Um benjamim, filho de Elpaal (1Cr 8:12).

6 Um benjamita, filho de sasaque (1Cr 8:22).

Com a grafia חבר existem quatro pessoas com o nome Heber:

1 Patriarca epônimo de uma linhagem da tribo de Aser (Gn 46:17; Nm 26:45; 1Cr 7: 31-32).

2 Pai ou fundador de Soco em Judá (1Cr 4:18).

3 família em Benjamin (1Cr 8:17).

4 O marido queneu (“ferreiro”) de Jael que matou Sísera em sua tenda (Juízes 4:21; Juízes 5:24). Heber havia migrado para o território de Naftali, que tinha uma fronteira comum com Aser, e se estabeleceu em paz com Jabim, rei de Canaã, em Hazor (Jz 4:11; Jz 4:17).

Jacó

Nome de duas pessoas na Bíblia.

  1. Jacó é um dos patriarcas hebreus. Irmão gêmeo mais novo de Esaú, filho de Isaac e Rebeca, pai de Diná e de doze filhos, patriarcas das tribos.

O nome de Jacó foi mudado para Israel (Gn 32:28; 35:10). Deus renova com Jacó a promessa e aliança feita a Abraão e Isaque, de terra e descendência (Gn 28:13-15). Jacó experimentou manifestações divinas (Gn 28:10-22; 32:3-22). Casou-se com Leia e Raquel. Acompanhou os filhos ao Egito, onde morreu (Gn 49:28-50:14).

2. O pai de José, marido de Maria (Mt 1:15-16).